12.º Encontro Nacional da APPE

12.º Encontro Nacional da APPE


A Associação Portuguesa de Psicologia Experimental (APPE) congrega investigadores que se dedicam ao estudo da cognição e comportamento humano e animal, numa perspectiva nomotética e experimental.

Com o objectivo de promover o intercâmbio científico e profissional entre todos aqueles, portugueses ou com ligações a Portugal, que investigam a complexidade do comportamento e da mente/cérebro, realizar-se-á na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCE-UP), nos próximos dias 5 e 6 de maio de 2017, o 12.º Encontro Nacional da APPE.

Conferência Plenária
5 maio 2017

Mireille Besson & Eva Dittinger
(Laboratoire de Neurosciences Cognitives & Brain and Language Research Institute CNRS & Aix-Marseille Université)

Influence of music training on cognition and brain functions: societal impact for education and rehabilitation

Many results in the past 15 years have demonstrated that music training positively influences different aspects of cognition and modifies the anatomo-functional architecture of the brain through strong brain plasticity mechanisms. After reviewing this line of work, I will focus on a series of experiments, using both behavioral and electrophysiological measures, conducted in children (9-12), young (18-27) and older adults (65-75) to examine whether music training facilitates learning the meaning of novels words in an unknown language. In the three groups of participants, results revealed increased word learning efficiency and faster brain plasticity in musicians compared to non-musicians. I will detail the reasons why the design of these experiments and the results clearly open new perspectives both for the diagnosis of children with learning difficulties and, more generally, for the rehabilitation of patients with various neurological disorders with music training.



Conferência Frederico Marques (Prémio APPE 2016)
6 maio 2017

Maurício Martins
(Berlin School of Mind and Brain, Humboldt University zu Berlin Max Planck Institute for Human Cognitive and Brain Sciences)

Hierarchies and Recursion

Complex hierarchical structures occur in language, music and action planning. In these domains, it is difficult to establish the boundaries of hierarchical depth, especially when external memory resources are available. Recursive hierarchical embedding is probably a key capacity to achieve this power. In this talk, I will summarize the results of our research program aiming at describing the cognitive architecture underlying the representation of recursive hierarchical embedding. After conducting a series of behavioral and fMRI experiments in the visual, musical and motor domains, we found that, behaviorally, the acquisition of recursive rules seems supported by cognitive resources that are general across domains. However, when we test well-trained participants in the fMRI, their representation of recursion seems supported by retrieving representations stored in (visual, musical and motor) domain-specific repositories. This suggests that the resources necessary to acquire recursive rules are different from those necessary to utilize these rules after extensive training.



Caso tenha alguma dúvida relativa ao encontro contacte a Comissão Organizadora através do e-mail de contacto appe17@fpce.up.pt



Formato dos trabalhos

Serão apresentados e discutidos projectos e resultados de investigação sob a forma de comunicações orais e posters, além da conferência plenária e da conferência Prémio APPE. Os resumos para comunicações orais e posters devem ser propostos por um sócio da APPE (cf. Call for Papers), e a língua usada pode ser inglês ou português.

Comunicações

As comunicações orais terão uma duração de 15 minutos, seguidos de 5 minutos para discussão.

Posters

O poster não deve exceder 110 cm de altura e 84 cm de largura. O material para fixar os posters nos suportes será disponibilizado por colaboradores da Comissão Organizadora no próprio dia.


Línguas do Encontro

Inglês e Português.




Jantar do Encontro

Como todos sabem, a cidade do Porto foi eleita o melhor destino europeu de 2017 na competição anualmente organizada pela maior página da internet de Turismo da Europa (www.europeanbestdestinations.org). Um prémio, note-se, que a cidade já conquistou em 2012 e 2014. E apesar de serem muitos os motivos que levaram à escolha, não há talvez melhor perspetiva do Porto do que aquela que nos leva a mergulhar em pleno coração da cidade. Por isso, propomos um jantar no restaurante do Clube 3C, um belo recanto portuense que é simultaneamente um Clube e um Café com localização na zona dos Clérigos; e daí o seu nome: Clube 3C. O restaurante é agradável e simpático, transformando-se depois da meia-noite, tal qual uma Cinderela, num animado bar ideal para prolongar a noite entre conversas e muito boa música. Ou ainda, dada a sua posição estratégica, espreitar a fervilhante movida portuense.

Clube 3C
R. de Cândido dos Reis, 18, 4050-151 Porto



O preço do jantar é de 25 euros por pessoa, mediante inscrição prévia até ao dia 25 de abril.

Menu

Couvert
Seleção de pães, mousse de azeitonas e manteiga aromatizada

Entradas
Creme de Legumes, Folhado de caça e azeitona verde, Empada de Bacalhau com Saladas de Verdes

Prato
Carne: Rôti de Vitela recheado com enchidos, acompanhado de legumes grelhados e Batata Saute
ou
Peixe: Bacalhau 3C

Sobremesa
Mousse de Chocolate
ou
Trouxa de Maçã com Gelado de Baunilha



Poderá proceder à inscrição no jantar aquando da inscrição no Encontro.




Prémio APPE 2017

Prazo de candidatura: 25 de abril de 2017. Mais informações disponíveis neste link.


A Associação

Para saber mais sobre a APPE consulte www.appe.pt


TIMELINE


  • 1 de abril - Encerramento das submissões.
  • 27 de abril - Encerramento das inscrições